Faça parte dessa luta! Filie-se ao Sintunifesp!
Categoria Unida! Juntos somos mais fortes! Filie-se ao Sintunifesp!
Parabéns Servidores pela conquista das 30H!

Nesta terça-feira, dia 07 de agosto de 2018, aconteceu a Assembleia Geral e de Associados do Sintunifesp com expressiva participação da base discutindo a seguinte pauta: Dia do Basta (10/08 com dia nacional de luta, paralisação e mobilização); HU (insalubridade, EBSERH, autonomia universitária, aposentados e Funpresp); Informes. Após longo debate foram aprovados os seguintes encaminhamentos: 1) Paralisação no dia 10/08, seguindo as indicações da federação, lutando pela pauta nacional (data-base já, derrubada da EC-95, nenhum direito a menos) e pauta local (contra EBSERH e pelo pagamento imediato do adicional de insalubridade), com panfletagem e distribuição de boletim informativo para mobilização; 2) Organização e realização de seminário para tratar dos temas locais (insalubridade, EBSERH, autonomia universitária, aposentados e Funpresp), sendo dividido em dois dias para garantir tempo de debate e reflexão: dia 21/08 seminário sobre os temas da insalubridade, EBSERH e Autonomia Universitária (com o convidado prof. Wladimir Tadeu Soares) e para setembro (data a ser definida posteriormente) seminário para tratar dos temas dos aposentados e Funpresp (com a presença da CIS); 3) Elaboração e envio imediato de requerimento à Unifesp exigindo o pagamento do adicional de insalubridade.

 

A mesa foi composta pelo coordenador Paulo Guimarães (coordenação), coordenadora Marta Valladares (ata), coordenadora Dilma Lopes (inscrição) e pelo assessor jurídico da entidade Dr. Rodrigo Romo. A Assembleia foi aberta com uma breve recomposição da construção da pauta do dia 10 de agosto como um dia nacional de mobilização, que passou de um dia de greve para um dia de paralisação por avaliação da federação FASUBRA e do próprio fórum FONASEFE que reuni as entidades nacionais dos servidores federais. Foi aberto o debate para avaliação de conjuntura entre presentes, que ressaltaram a importância da mobilização nesse contexto de crise e ataques direcionados, especialmente, aos servidores públicos. À pauta nacional foram incluídos elementos locais de luta, com destaque para o adicional de insalubridade que não tem sido pago pela Unifesp a muitos servidores. E a paralisação no dia 10 de agosto com panfletagem e mobilização foi aprovada com apenas uma abstenção.

 

Destaque para os esclarecimentos da assessoria jurídica do Sintunifesp sobre as pautas da insalubridade e EBSERH. Afirmou Dr. Romo que os cortes no pagamento do adicional de insalubridade parece algo muito mais grave do que o simples controle de dados e atualização do sistema pela aquisição do “token”, uma vez que foi identificado alguns casos em que a justificativa pelo não pagamento é o suposto desvio de função, um interpretação da lei que prejudica o trabalhador. E sobre a EBSERH, sua fala foi no sentido de que apesar de uma grave ameaça aos servidores pois a empresa mudaria o regime do hospital, abrindo a possibilidade para os efeitos da privatização, há em andamento uma ação que questiona a constitucionalidade da criação da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (ADI nº4895) e que a FASUBRA foi autorizada a participar da ação, acompanhando e contribuindo com o processo que pode derrubar a EBSERH. Portanto, a base e o sindicato, via FASUBRA, podem unir forças nessa iniciativa em andamento.

 

10/08 – PARALISAÇÃO! Contamos com a sua participação!

 

Assessoria de Comunicação do Sintunifesp

Fale Conosco:

Acesse Intranet:

Sintunifesp no Youtube!

Sintunifesp no Facebook!

Acesse Unifesp:

Acesse Fasubra: