A Diretoria Colegiada do Sintunifesp gestão 2017/19 vem à público e diante de seus associados manifestar repúdio à MP 873 de 01 de março de 2019 e dizer não a IN-02 e não ao AI-5 Sindical.

Nota de repúdio frente às ações do governo contra a liberdade sindical.

De maneira sorrateira e ardilosa, o governo editou Medida Provisória às vésperas do carnaval.

A MP de n-873 de 01 de março de 2019 caracteriza-se como uma das piores injustiças sociais chegando a ser comparada com o duro golpe militar de 1968 (Ato Institucional N-5) vindo em total desencontro como processo democrático estabelecido a duras penas em nossa sociedade.

A MP está repleta de vícios de inconstitucionalidades, ferindo princípios fundamentais e invioláveis como: a liberdade, equidade, segurança jurídica e a dignidade humana. Essa MP retira autonomia dos sindicatos, passando assim a seguir regras estatais, decretando um enorme retrocesso democrático, validando ações arbitrárias contra todos os movimentos de luta por direitos.

A liberdade sindical é um direito garantido.

Pautado pela democracia e pluralismo nas relações sindicais.

As ações dos representantes sindicais jamais irá sucumbir às regras ditatoriais do Estado.

 

LEIA A NOTA COMPLETA ABAIXO: