Nesta quinta-feira, dia 30 de novembro de 2017, foi realizada a Assembleia Geral e de Associados do Sintunifesp em que se realizou um balanço positivo da mobilização nacional ao mesmo tempo em que se reforçou a necessidade de continuar a luta nessa frente, enquanto no contexto local o momento é de construção da pauta, ampliação da mobilização e radicalização das ações junto à gestão pelo cumprimento dos acordos já realizados.

A Assembleia teve início com o informe da atividade de greve que foi realizada também neste dia 30, com a ocupação dos corredores do primeiro andar do Hospital São Paulo - HSP, manifestando o descontentamento da categoria com as condições de trabalho e também pressionando a superintendência do HSP a rever os problemáticos critérios de APH estabelecidos durante o período de mobilização. A Ação teve efeito positivo pois a superintendência se comprometeu a realizar reunião para pautar e discutir as discordâncias sobre o APH.

Sobre o primeiro ponto de pauta, o retorno e avaliação da caravana à Brasília no dia 28/11, as falas e considerações seguiram o mesmo sentido, de valorização da importância do movimento de mobilização, pressão e diálogo com os parlamentares em defesa de manutenção e ampliação das condições de trabalho dos servidores públicos, com a recusa das reformas propostas como a da carreira, estabilidade e alíquota previdenciária. A forte presença das federações representando a categoria de todo o Brasil foi considerado uma grande vitória pelo movimento reunido em assembleia.

Com relação a pauta de reestruturação das comissões de assuntos locais, as discussões seguiram pelo destaque da necessidade de retomada do trabalho das comissões de 30H – HU, permanente 30H e de folgas, uma vez que a mobilização segue pela construção da pauta local exigindo tal reorganização interna do movimento, do sindicato e da categoria. Nesse sentido a comissão permanente de 30H já teve seus membros recompostos votados e aprovados e as demais tiveram as votações suspensas e adiadas até a próxima assembleia para que amplie a discussão entre os interessados.

A assembleia continuou discutindo a conjuntura nacional e local, com destaque para a mobilização no dia 05 de dezembro, próxima terça-feira, greve geral em acordo com as centrais sindicais, contra a reforma a previdência. Também para reunião local no campus da Baixada Santista no dia 04 de dezembro para ampliação da mobilização local. Ainda foi destacado a necessidade de ações mais radicais como a realizada hoje no HSP, de ocupação e pressão para atenção das reivindicações locais.

A categoria segue mobilizada e em luta!

Assessoria de Comunicação do Sintunifesp